Breves apontamentos filosóficos sobre o surgimento do estado moderno

  • Luciano Santos Lopes Faculdade de Direito Milton Campos
Palavras-chave: Estado Moderno, Contratualismo, Direito Natural, Estado ético-cultural

Resumo

Este ensaio pretende apresentar algumas características acerca da formação do Estado Moderno, através do recorte epistemológico da Filosofia do Estado. Quer-se analisar alguns fatores históricos e filosóficos que orientaram o pensamento político em questão. A proposta de debate parte, inicialmente, da transição do medievo para a modernidade, passando pelo absolutismo. As doutrinas do direito natural, e do contratualismo (em suas mais conhecidas vertentes) serão apresentadas em seguida, por serem importantes matrizes teóricas que sustentaram o pensamento da época. Após, apresentar-se-á, de Wolff a Hegel (passando por Kant), três concepções estatais diversas em seus referenciais teóricos estruturantes. Enfim, sem a pretensão de reconstruir qualquer sistema filosófico (não é esta a intenção artigo), quer se apresentar algumas interessantes questões que são verificadas nas teorias sobre origem do Estado Moderno.
Publicado
2019-07-02
Seção
Artigos